Cranberry: que frutinha é essa?


Originário da América do Norte, a planta da origem a um fruto vermelho e ácido. O Cranberry já era utilizado como alimento pelos indígenas, em cerimônias e como medicamento.

Esse fruto é composto por vitamina C, ácidos orgânicos e alguns metabólitos secundários, como flavonoides, catequinas, antocianidinas e proantocianidinas. em geral, seu consumo está associado à prevenção de infecções no trato urinário, já que essas substâncias são capazes de impedir que bactérias se prendam na parede da bexiga. O cranberry é, ainda fonte de fibras (pectina), ácidos (acético, ascórbico, cáprico, málico, valeriânico, cítrico), antioxidante (flavonoides) e sais minerais (magnésio, ferro, cálcio e selênio).


Benefícios do cranberry:

· Previne infecções do trato urinário

· Auxilia no tratamento de pessoas com bexiga neurogênica

· Ajuda a desodorizar a urina de quem sofre de incontinência urinária

· Auxilia no aumento do fluxo da urina

· Acelera a cicatrização da pele

· Previne gastrites e úlceras.

Onde encontrar o Cranberry? No Brasil é mais difícil encontrar a fruta in natura , porém nas versões congeladas e secas é um pouco mais fácil. O suco de cranberry também pode ser usado e podem ser encontrados em supermercados, lojas de produtos naturais e feiras orgânicas. A versão em cápsula (extrato) é frequentemente recomendada por nutricionistas e ginecologistas por serem mais fácil de administrar em altas doses.

Cuidado: O consumo de cranberry é seguro para a maior parte das pessoas, desde que a ingestão não ultrapasse a quantidade diária recomendada (480 ml). Para gestantes e mulheres no período de aleitamento só não é recomendada a ingestão de suplementos de cranberry, pois não se sabe se eles são seguros para este público, por não ter ainda estudo que comprovem sua segurança no uso e na quantidade.

// Fale Conosco

(51) 3774-1083  

(51) 99973 - 9345

// Siga nas rede sociais!

RS 332 - KM 51 - Linha Gramadinho -  Ilópolis  - Rio Grande do Sul - Brasil